Espaço das mulheres, homens, jovens, e da família "Cultura"! Independente de classe, etnia, cor, religião. Que tem o HIP HOP em suas vidas.

FAN PAGE - Doe para o Projeto!

_____________________________

FAÇA DOWNLOAD DO CD REALIDADES GRÁTIS, CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO!

________________________________


MJIBA

Carregando... Carregando feed

BLOG HIP HOP MULHER

Carregando... Carregando feed

H²M

LOJA VIRTUAL - PRODUÇÃO, ADMINISTRAÇÃO E ORIENTAÇÃO.


Você tem algo para vender, alugar, trocar?
Criar a sua loja virtual é fácil, mas requer acompanhamento, 
serviço fotográfico/vídeo de qualidade.
Gostaria de ter a sua própria loja virtual? 
Mas não sabe por onde começar?
Dou o suporte necessário!
Layouts, fotos dos produtos, hospedagem e administração.

Tudo por um valor acessível. Para você comercializar seus produtos pela internet!
Não perca tempo... peça um orçamento já!

Envie mensagem para: artecompersonalidade@gmail.com


Preços promocionais de Ano Novo!

ANÚNCIOS

 +++++

 

 

____________________________

GALERA! Antes de fechar a página, não esqueçam de clicar em SAIR; Pois vocês poderão ter os perfis clonados ou usados de forma indevida.

Qualquer tipo de conteúdo impróprio (pornográfico, homofóbico, racista, lesbofóbico, que conduz à violência, etc), terá seu perfil BANID@ da REDE.

DO CINEMA DE VANGUARDA AO VIDEOCLIPE DOS RACIONAIS MC’S: UMA DISCUSSÃO A PARTIR DE VILÉM FLUSSER, WALTER BENJAMIN E T.W. ADORNO

Resumo

Vilém Flusser (1985,1987) anuncia a falência do universo da escrita, dado o predomínio da tecnoimagem na era pós-histórica, que pode conduzir a um estado de irreflexão e de desumanização do Homem em contraposição à estética do jogo. Estas contradições e ambiguidades apontadas por Flusser remetem-nos ao debate entre Adorno e Benjamin sobre a função da arte na era da reprodutibilidade técnica nos anos 1930, que é retomado por Adorno nos anos 1960, em que este admite que o filme possa conter algo de liberador. Inspirados nesse debate, analisaremos como o choc póstumo propiciado pela fotografia e pelo cinema de vanguarda (Benjamin, 1936) e hoje, pelos videoclipes, emergem como “reposição objetivadora de uma experiência” (Adorno, 1967). E, ainda, como os cenários de declínio da escrita e de emergência das tecnoimagens, ressaltados por Flusser, apontam para a atualidade da ideia de “reversão dialética” para se pensar a “liberdade de se jogar contra o aparelho”, por meio da estética do hip-hop. 

Autores: Mônica Guimarães Teixeira do Amaral, Cristiane Correia Dias, Daniel Bidia Olmedo Tejera

Link: https://seer.ufs.br/index.php/revtee/article/view/7643/pdf 

Exibições: 10

Comentar

Você precisa ser um membro de HIP HOP MULHER para adicionar comentários!

Entrar em HIP HOP MULHER

© 2020   Criado por Tiely Queen.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço