Espaço das mulheres, homens, jovens, e da família "Cultura"! Independente de classe, etnia, cor, religião. Que tem o HIP HOP em suas vidas.

FAN PAGE - Doe para o Projeto!

_____________________________

FAÇA DOWNLOAD DO CD REALIDADES GRÁTIS, CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO!

________________________________


BLOG HIP HOP MULHER

NOVO LOGO DO PROJETO!! BEM VINDE 2020

ESSE É O NOVO LOGO DO PROJETO HIP HOP MULHER QUE AGORA RECEBEU O CERTIFICADO DE PONTO DE CULTURA!! 
NO LOGO, PRODUZIDO PELA TURMA DE MARKETING DO MACKENZIE TRAZ UM ÍCONE PARA CADA ATIVIDADE PROMOVIDA PELO PROJETO. CONTEMPLANDO ASSIM, AS VÁRIAS AÇÕES QUE O HIPHOP MULHER PROMOVE!





H²M

LOJA VIRTUAL - PRODUÇÃO, ADMINISTRAÇÃO E ORIENTAÇÃO.


Você tem algo para vender, alugar, trocar?
Criar a sua loja virtual é fácil, mas requer acompanhamento, 
serviço fotográfico/vídeo de qualidade.
Gostaria de ter a sua própria loja virtual? 
Mas não sabe por onde começar?
Dou o suporte necessário!
Layouts, fotos dos produtos, hospedagem e administração.

Tudo por um valor acessível. Para você comercializar seus produtos pela internet!
Não perca tempo... peça um orçamento já!

Envie mensagem para: artecompersonalidade@gmail.com


Preços promocionais de Ano Novo!

ANÚNCIOS

 +++++

 

 

____________________________

GALERA! Antes de fechar a página, não esqueçam de clicar em SAIR; Pois vocês poderão ter os perfis clonados ou usados de forma indevida.

Qualquer tipo de conteúdo impróprio (pornográfico, homofóbico, racista, lesbofóbico, que conduz à violência, etc), terá seu perfil BANID@ da REDE.

Quase crônica, ensaio ou manifesto de um poeta

Tentando lembrar dos escritos por mim deixados na praia vou me perguntando:
_ De que valeram os escritos deletados pelo mar e os poucos publicados? _ Nada!
Esta é a resposta certa. Meus escritos de nada valem, pois não chegaram aos ouvidos da platéia não preenchem páginas, nem mil títulos com resenhas nas bibliotecas, no mais ocupam a lista de itens excluídos recentemente, quando muito a caixa de entrada entre as mensagens não lidas.
Então para que escrever?
Escrever seria a fuga, o simples despejo de palavras, sejam elas de afeto, reflexão ou raiva, sobretudo aquelas que tememos dizer frente às pessoas, as quais nutre-se algum sentimento de afeto, em geral, poemas e frases que julgamos serem de efeito, não passariam apenas de refúgio para todos os problemas, da vida, ou mesmo da humanidade, quem sabe apenas uma maneira de ser uma voz no meio da multidão, aquele que pensa diferente, que quer mostrar o que se pensa e sente, mas para tanto, publicar já teria bastado? Ter passado ao papel, já teria descarregado toda angústia, mágoa, frustração, alegria que foram poucas. Quem sabe?
Mas não.
Palavras buscam ouvintes, textos leitores, e pessoas reconhecimento, aplauso. Poucas são aquelas que se mantêm indiferentes a um elogio comentário crítico, é muito interessante ver pessoas comentando metáforas e atribuindo a elas um cem número de sentido dos mais diversos, cada qual mais distante do sentido original ou intencional da própria metáfora.A teoria já é tão antiga que nem vale mais continuar. Porém a escrita busca em sua essência ressonância, reciprocidade, alguém que esteja passando, sentindo algo de mesma intensidade, ou que no fundo apenas acredite que sente ou entende o que ali fora escrito.
Eu não me julgo maior nem menor poeta por não preencher as prateleiras das bibliotecas, as páginas dos jornais, por não ter crianças nas escolas estudando-me, procurando nos meus poemas fazer análise sintática ou quem sabe morfológica, por não ter sequer uma linha que me critique ou mesmo faça referência a um texto meu, sabe porquê? Por que não escrevo para ninguém mais, a não ser para mim mesmo, e acho que todo poeta é um pouco assim também, pois antes da idéia ir para o papel ou até mesmo depois de ir ao papel passa por ele, a decisão se aquilo tem valor artístico ou não, se compensa publicar ou não, vocês querem ler meus poemas secretos, contudo não leram ainda nem aqueles que já publiquei, sequer tiveram o cuidado de catalogar e perceber que todos que virão, ou que já passaram é só reprise do que já viram.
Viver é repetir-se de forma diferente todo dia, eu não pensava assim, na verdade eu pensava e penso só não tinha essa consciência tão clara e nítida das coisas. E àqueles que pensam que terminei, esqueçam! Pois entrarei agora com mais intensidade, e constância invadirei seu espaço sem pedir licença, mesmo! Valendo-me de toda licença poética, olha só licença para poetar? Que mundo é este, eu não preciso de licença para criar, nem tampouco, de ler bulas e receitas para ter poemas, eu sou livre “e ser livre é coisa muito séria, não se pode olhar para trás sem se aprender alguma coisa para o futuro”, e hoje eu aprendi e quis a minha maneira compartilhar com vocês.

meu blog http://poetafernandes.blogspot.com

Publicado no Recanto das Letras em 15/03/2008
Código do texto: T902237
POETAFERNANDES

Exibições: 15

Comentar

Você precisa ser um membro de HIP HOP MULHER para adicionar comentários!

Entrar em HIP HOP MULHER

© 2020   Criado por Tiely Queen.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço